Google Agenda: 7 erros ao elaborar um cronograma de estudo

Você leu os últimos posts do blog e agora está disposto a estabelecer uma rotina de estudos. A primeira coisa que você fez foi abrir o Google Agenda. Você começou a programar momentos para estudar em cada dia da sua semana. Mas será que você não está cometendo algum desses erros aqui embaixo? 

Cumprimento da agenda
Water photo created by wayhomestudio – www.freepik.com

Erro 1: Marcar somente os compromissos fixos 

Ao começar a construir um cronograma da semana no Google Agenda, é importante colocar os compromissos fixos. Isso serve para conseguir visualizar exatamente quanto tempo do seu dia eles demandam. Além disso, serve para não correr o risco de se confundir e marcar um compromisso em cima do outro. No entanto, com o tempo a tendência é que você decore as atividades fixas. E também não precise mais olhar a agenda. E é aí que mora o problema.

Se você tiver decorado a única coisa que estiver na sua agenda, não existe mais motivo algum para você consultar. Ainda mais, sequer ter uma agenda. Por isso é importante registrar outras tarefas e compromissos também. Dessa maneira você cria a necessidade de consulta saber o que tem que fazer. De quebra, deixa de lado a necessidade de ter que guardar tudo na memória. Principalmente porque: 

Sua memória pode falhar, mas a agenda não.

Erro 2: Marcar somente a data de entrega de uma atividade

O professor passa um trabalho. A primeira coisa que você deve anotar é o dia que ele deve ser entregue. Mas somente isso nunca será eficiente.

Isso acontece porque você tem programado o dia em que irá entregar o trabalho pronto. Mas existem muitos passos antes disso. Então, é muito importante que você planeje e coloque na agenda quais dias e horários você fará as tarefas para que você conclua seu projeto.

Por exemplo: pesquisar sobre o assunto proposto na segunda 16h e escrever um resumo sobre o isso na terça feira no mesmo horário.

Erro 3. Não utilizar o campo de descrição

Imagine que você leu o erro anterior e se dispôs a não cometê-lo. Então você escreveu no seu Google Agenda assim: “pesquisar sobre o tema do trabalho”. Parece bom, mas como você vai saber qual tema e qual trabalho é esse? Se sua resposta for “vou procurar no meu caderno para saber”, você respondeu errado!

Procurar o que você tem que fazer enquanto você deveria estar fazendo te faz perder tempo. Tempo que você deveria estar dedicando à realização de atividades. Para que isso não aconteça, o ideal é que você escreva os detalhes do trabalho no campo de descrição.

Por exemplo qual é o tema, qual é a disciplina e outras informações que considerar importantes.

Erro 4: Desconsiderar o tempo de deslocamento e o tempo para necessidades

Cronograma de estudos é algo muito empolgante de se construir. Mas sem querer, você pode acabar atribuindo uma tarefa para o momento que você estará no metrô voltando para casa ou jantando.

Para que isso não aconteça e você não acabe ficando sem estudar porque está no metrô ou no jantar, coloque na agenda esses momentos específicos. 

Erro 5: Desconsiderar o momento de descanso

Se você preencher o seu tempo livre com estudo ao invés de estipular momentos de descanso, você pode acabar esquecendo de descansar. Isso vai causar muito desgaste. Você sequer vai conseguir estudar no dia seguinte.

Para evitar isso, basta preencher no seu Google Agenda os momentos em que você irá descansar. Isso logo depois de estipular quais são suas tarefas fixas e suas necessidades e tempo de transporte. Então, nos momentos livres que sobrarem você pode estipular seu estudo.

Erro 6: Não deixar tempo de emergência 

Imprevistos aparecem o tempo todo. Não estar preparado para isso pode atrapalhar todas as suas tarefas e compromissos. Caso eles ocorram, e vão, não precisa se desesperar pensando que terá que desfazer todo o seu planejamento da semana ou comprometer o da seguinte!

Basta separar um tempo toda semana em que você possa usar em casos de emergência. Nesse horário estipulado você pode usar para fazer alguma tarefa que não conseguiu fazer na semana.

E caso sua semana tenha corrido perfeitamente bem, você pode usar esse tempo para relaxar e se divertir.

Erro 7: Não ter um horário para organizar sua semana

Planejar a semana seguinte é essencial para um estudante. O problema é quando tem tanta coisa que é impossível encontrar um horário disponível pra isso. E se você não tiver um horário específico na semana para planejamento, podem acontecer duas coisas muito ruins:

  1. você pode não planejar nada, porque não teve tempo, e começar a semana totalmente sem rumo; 
  2. você pode ter que deixar de fazer alguma tarefa importante e usar o tempo dessa tarefa para planejar a próxima semana.

Da próxima vez que você for elaborar seu cronograma no Google Agenda, estipule um horário que servirá para você planejar a próxima semana.

Deseja entender um pouco mais? Assista este vídeo no youtube!

Quer saber qual é o seu perfil de estudante?

Acesse: https://lupaeduc.com.br/quiz/avalie-seu-perfil-de-estudante/